A beleza não elimina a tragédia, mas a torna suportável.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012


Ame! Não tenha vergonha de dizer que “ama”, declare-se ao vento, às nuvens, aos pássaros. Se “ame”! Só o amor poderá fazer de você um ser humano melhor para com as pessoas, para com o planeta e principalmente para com você mesmo. Se abasteça de amor no riso de uma criança, na alegria de seu cachorro, na vida que pulsa e move seu corpo. No horizonte que se abre todos os dias dando um espetáculo diante dos seus olhos.
 Amor! É isso que fará a diferença no final.

Quel Fernandes.




Desejo: um amor que me tire o “norte”, que me deixe sem ação, que me deixe forte, 
que me faça perder o chão. 
Peço: inspiração pro meu sonho e luz pra minha cruz. Pra minha contradição peço rima e um pouco de ilusão.
Sinto saudade por toda parte; vejo amor, mas falta sorte. Não sou de desistir vou à luta e terei você aqui.

Quel Fernandes.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

"♫...São as lutas dessa vida que estou cantando...♫"



Fonte: YouTube.
Eu hoje pensei meus dias, senti uma saudade quase infantil.
Deu vontade de chorar.
Pesei os sonhos, equilibrei os desejos.Guardei a dor e o desamor.
A felicidade busquei nos olhos da vida. Me pus a caminhar.
Reparei que a seu modo ela não é de esperar, manda recado
pelo vento, pelas nuvens, por quem passar.
Saudade matadeira. Coração e alma sangrando.
Pensamentos veem e vão, ainda bem que nem tudo que passei e
 vivi foram em vão, ilusão!
Ponho tudo no fundo do peito, pego meu destino pela mão e 
recomeço a caminhada.

Quel Fernandes.

terça-feira, 2 de outubro de 2012




Amo ler! As palavras me fascinam. A rima, os versos, os amores ditos e subentendidos me inspiram. Adoro escrever!
Escrever é como lavar minha alma, é me vestir dos sentimentos alheios, é reviver o outro. Compartilhar emoções vista no olhar do desconhecido, na frase de uma canção, no verso de um poema, no abraço de um amigo. Transformo minha inspiração em poesia e todo dia me abasteço na agonia, dor e alegria do amigo, do irmão, de qualquer cidadão. Nem sempre escrevo o que sinto ou penso. Escrevo o que leio no semblante das pessoas. No choro da mocinha.  No sorriso da criança. Escrevo porque sinto. Traduzo o sentimento desenhado na alma de quem mostra sem medo,  as dores  e os desamores de ser gente!! 


Raquel Fernandes.

terça-feira, 18 de setembro de 2012


E a vida é isso mesmo, um afrouxar e apertar-se!!! 
Nó e laço. Mal entendido e imprevisto.  Amor e saudade. 
Multidão e solidão. Fé e descrença! Mel e fel!!!

By Quel Fernandes!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

E hoje eu só quero isso....


Casa no campo

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos
Meu filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais

Elis Regina!

domingo, 9 de setembro de 2012

Viver....


Viver é mergulhar num mar de sentimentos! Nem sempre palpáveis, úteis ou bonitos.

Sentimentos complexos, incompletos, sem nexo. 

É um Afrouxar e apertar-se!

Raquel Fernandes

Era isso que eu queria dizer...


Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você,
sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova,
apesar do cenário aparentemente costumeiro. Que tenha saúde no corpo, saúde na alma, saúde à beça.

[Ana Jácomo]








Meu doido coração aonde vais,
No teu imenso anseio de liberdade?Toma cautela com a realidade;
Meu pobre coração olha que cais!

[Florbela Espanca]


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Superar. Esperar.



É nos acontecimentos que medimos nossa força, nossa capacidade de superação. Reconhecemos nossas limitações, nossos medos, nossas frustrações.
Só com os acontecimentos aprendemos! Aprendemos a refletir, ponderar, falar, a pedir, a gritar, reclamar, chorar, mas sobretudo aprendemos a calar e esperar o melhor momento para dar a volta por cima.

Raquel fernandes

Acostumar JAMAIS!



Fernando Pessoa

O que faz bem e mal à sua vida!



Acho a maior graça. Tomate previne isso,cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere...

Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.

Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.

Prazer faz muito bem.
Dormir me deixa 0 km.
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro volto cheio de idéias.
Brigar me provoca arritmia cardíaca.
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me
embrulha o estômago.
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.
E telejornais... os médicos deveriam proibir - como doem!
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo,
faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde!
E passar o resto do dia sem coragem para pedir
desculpas, pior ainda!
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna.
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!

Martha Medeiros

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

"Uma IMAGEM vale mais que mil palavras"

A interpretação é por sua conta!!



Você é aquilo que ninguém vê.
Uma coleção de histórias,estórias, memórias,
dores, delícias, pecados, bondades, tragédias,
sucessos, sentimentos e pensamentos.
Se definir é se limitar.
Você é um eterno parênteses em aberto,
enquanto sua eternidade durar."

- Machado de Assis



quarta-feira, 8 de agosto de 2012

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Decoração que cabe no seu bolso!

No site da Casa e Jardim tem ótimas idéias para decoração, reciclagem, jardinagem e dicas para mais espaços sem deixar a beleza de lado!!!
Fiquei encantada com o uso do caixote para decorar e como utensílio doméstico. São 10 dicas para se usar de N maneiras!!!
Veja este armário de caixote que lindo, prático e diferente:

Muitas outras idéias vc confere aqui:
 http://revistacasaejardim.globo.com/Revista/Common/0,,EMI292637-16937,00-DICAS+PARA+USAR+CAIXOTES+DE+MADEIRA+NA+DECORACAO.html

Divirta-se!

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

O homem é uma ponte



Nietzsche disse, em algum momento, que o homem é uma ponte, um elo ligando duas costas diferentes. Ele é uma tensão. Ou ele se torna um animal e encontra o prazer, ou pode se tomar divino e ter alegria.

Mas, enquanto continuar sendo um ser humano, não poderá ter nem prazer nem alegria - pode simplesmente se dividir entre os dois; permanecerá repleto de ansiedade e tensão.

É por isso que fazemos as duas coisas na vida. Bebemos e nos transformamos em animais. Isso nos dá um pouco de prazer. O sexo dá um pouco de prazer - voltamos para o estado animal. Encontramos prazer na irracionalidade.

A principal razão pelas quais as pessoas gostam tanto de álcool é porque ele as ajuda a se tornarem animais novamente. Nós nos colocamos no mesmo patamar dos animais quando nos embriagamos. Nesse patamar nos transformamos em animais livres, porque os animais não têm preocupações.

Nenhum animal fica maluco, exceto aqueles que trabalham em circos, porque os animais de circo chegam muito próximos ao estado do homem. E o homem está muito próximo ao estado de um animal de circo.

Nenhum animal é maluco; nenhum animal enfrenta problemas como psicose, preocupação, ou uma doença como a insônia. Nenhum animal se suicida - porque para se cometer suicídio é preciso que muita ansiedade se acumule.

É interessante o fato de nenhum animal sentir tédio. Um búfalo mastiga a mesma grama o dia todo e não se sente entediado. Não há como ele ficar entediado, pois um estado de racionalidade se faz preciso para que haja o tédio. É por isso que, entre os seres humanos, quanto mais racional uma pessoa é, mais entediada ela se sente.

Quanto mais racional uma pessoa é, mais preocupada ela se toma. As pessoas mais racionais facilmente podem se tornar loucas ou malucas. Mas esse é apenas um lado.

O outro lado é que a pessoa que consegue transcender o estado de insanidade potencial pode se tornar livre, e aquela que consegue transcender o estado de ansiedade consegue se ligar a um estado alegre e consciente - estado livre.

E a pessoa que consegue ir além da tensão consegue obter uma experiência de relaxamento que acontece apenas ao relaxar na divindade, no todo.



Osho

Canção das Mulheres



Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. 

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta. 

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor. 

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso. 

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes. 

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais. 

Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida. 

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize. 

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire. 

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso. 

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.


Lya Luft

Roda Viva



A vida nos prega peças! Nos enche de manias.
 De segredos. Sorrisos. Medos.
De urgências. Tristezas. Sonhos. 
Tudo pela tal felicidade!

Raquel Fernandes


Tem beijo que parece mordida, tem mordida que parece carinho, tem carinho que parece briga, tem briga que aparece pra trazer sorriso. Tem riso que parece choro, tem choro que é por alegria, tem dia que parece noite e a tristeza parece poesia. Tem motivo pra viver de novo, tem o novo que quer ter motivo, tem aquele que parece feio, mas o coração nos diz que é o mais bonito. Descobrir o verdadeiro sentido das coisas é querer saber demais, querer saber demais. Sonho parece verdade quando a gente esquece de acordar, o dia parece metade quando a gente acorda e esquece de levantar.


— O Teatro Mágico, Sonho de Uma Flauta.

terça-feira, 12 de junho de 2012

Correr riscos


 Rir é correr risco de parecer tolo.
Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.
Expor seus sentimentos é correr o risco de mostrar seu verdadeiro eu.
Defender seus sonhos e idéias diante da multidão é correr o risco de perder as pessoas.
Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.
Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.
Mas os riscos devem ser corridos, porque o maior perigo é não arriscar nada.
Há pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada, não têm nada e não são nada.
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões, mas elas não conseguem nada, não sentem nada, não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas, privam-se de sua liberdade.

Somente a pessoa que corre riscos é livre!

*Seneca*
"Viver é enfrentar desafios.
Quem nunca enfrentou desafios, apenas passou pela vida, não viveu.
Sim, todo mundo quer uma vida tranquila e estável, mas não se consegue isso sem luta, esforço e muita coragem.
E ninguém quer uma vida medíocre, sem sal nem açúcar. Definitivamente, isso não é coisa que engradece a alma. Mas se quiseres seguir adiante com glória, tenha ciência de que às vezes é necessário mudar a estratégia do jogo radicalmente.
Você poderá perder muitas peças e muitas batalhas no caminho. E não importa o quanto você sofra, o quanto você apanhe. Você precisa reunir suas forças e seguir em frente.
Mesmo que tudo pareça perdido, não esqueça: na vida, assim como num jogo de Xadrez, enquanto você estiver de pé e lutando, nada estará perdido. Basta que você mantenha o Espírito e siga em frente."
(Augusto Branco)

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Rita Lee e Roberto de Carvalho - Reza

Quem não se identificou com a letra que atire a primeira pedra!!
 Compreendi então que a vida não é uma sonata que para realizar a sua beleza tem de ser tocada até o fim. Dei-me conta, ao contrário, de que a vida é um álbum de mini-sonatas.
Cada momento de beleza vivido e amado, por efêmero que seja, é uma experiência completa que está destinada à eternidade. Um único momento de beleza e amor justifica a vida inteira.

( Rubem Alves )


Palavras são dispensáveis.
A imagem diz tudo sobre você, sobre o amor, sobre o mundo!

Raquel Fernandes.

As reticências são os três primeiros passos do pensamento que continua por conta própria o seu caminho.

Mario Quintana

Menos x Mais!

 "Eu preciso aprender a ser menos. Menos dramática. Menos intensa. Menos exagerada. Alguém já desejou isso na vida: ser menos? Pois é. Estranho. Mas eu preciso. Nesse minuto, nesse segundo, por favor, mebloqueie o coração, me cale o pensamento, me dê uma droga forte paratranqüilizar a alma. Porque eu preciso. E preciso muito. Eu precisodiminuir o ritmo, abaixar o volume, andar na velocidade permitida, não atropelar quem chega, não tropeçar em mim mesma. Eu preciso respirar. Me aperte o pause, me deixe em stand by, eu não dou conta do meu coração que quer muito. Eu preciso desatar o nó. Eu preciso sentir menos, sonhar menos, amar menos, sofrer menos ainda. Aonde está a placa de PAREbem no meio da minha frase? Confesso: eu não consigo. Nada em mim pára,nada em mim é morno, nada é pouco, não existe sinal vermelho no meu caminho que se abre e me chama. E eu vou... Com o coração na mochila, o lápis borrado, o sorriso e a dúvida, a coragem e o medo, mas vou... Não digo: "estou indo", não digo: "daqui a pouco", nada tem hora a não ser agora. Existe aí algum remedinho para não-sentir? Existe alguma terapia, acupuntura, pedras, cores e aromas para me calar a alma e deixar mudo o pensamento? Quer saber? Existe. Existe e eu preciso. Preciso e não quero."

Fernanda Mello
 Eu deixo aroma até nos meus espinhos. Ao longe, o vento vai falando de mim. E por perder-me é que vão me lembrando, por desfolhar-me é que não tenho fim.

 Cecília Meireles

domingo, 22 de abril de 2012

Santíssima Virgem, eu creio e confesso vossa Santa e Imaculada Conceição, pura e sem mancha. Ó puríssima Virgem Maria, por vossa Conceição Imaculada e gloriosa prerrogativa de Mãe de Deus, alcançai-me de vosso amado filho a humildade, a caridade, a obediência, a santa pureza de coração, de corpo e espírito, a perseverança na prática do bem, a castidade, uma santa vida e uma boa morte.
Amém.

domingo, 15 de abril de 2012

RECOMEÇAR é preciso...

Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado...
Chorou muito?
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechou a porta até para os anjos...
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da sua melhora...
Pois é... Agora é hora de reiniciar... De pensar na luz...
De encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado... diferente?
Um novo curso... Ou aquele velho desejo de aprender a pintar... Desenhar...
Dominar o computador... Ou qualquer outra coisa...
Olha quanto desafio...
Quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus o esperando.
Está se sentindo sozinho?
Besteira... Tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento"...
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para "chegar" perto de você.
Quando nos trancamos na tristeza...
Nem nós mesmos nos suportamos...
Ficamos horríveis...
O mau humor vai comendo nosso fígado...
Até a boca fica amarga!
Recomeçar...
Hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar?
Ir alto... Sonhe alto...
Queira o melhor do melhor...
Queira coisas boas para a vida...
Pensando assim trazemos prá nós aquilo que desejamos...
Se pensamos pequeno...
Coisas pequenas teremos...
Já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida.
E é hoje o dia da faxina mental...
Joga fora tudo que te prende ao passado...
Ao mundinho de coisas tristes...
Fotos... Peças de roupa, papel de bala...
Ingressos de cinema, bilhetes de viagens...
E toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados...
Jogue tudo fora...
Mas, principalmente, esvazie seu coração...
Fique pronto para a vida...
Para um novo amor...
Lembre-se: somos apaixonáveis...
Somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes...
Afinal de contas...
Nós somos o "Amor".

"Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura."

(Carlos Drummond de Andrade)


terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Uma "Amizade Verdadeira" opera milagres!!!



 Preciso de Alguém - Chaplin!
 
Preciso de alguém que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas e neuroses com paciência.
Preciso de alguém, que venha brigar ao meu lado sem precisar ser convocado; alguém Amigo (a) o suficiente para dizer-me as verdades que não quero ouvir, mesmo sabendo que posso odia-lo por isso.
Neste mundo de céticos, preciso de alguém que creia, nesta coisa misteriosa, desacreditada, quase impossivel de encontrar: A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo, que não vá embora se algum dia eu perder o meu ouro e não for mais a sensação da festa.
Preciso de um Amigo que receba com gratidão o meu auxílio, a minha mão estendida.
Mesmo que isto seja pouco para as suas necessidades.
Preciso de um Amigo que também seja companheiro, nas farras e pescarias, nas guerras e alegrias, e que no meio da tempestade, grite em coro comigo:
"Nós ainda vamos rir muito disso tudo"
Não pude escolher aqueles que me trouxeram ao mundo, mas posso escolher o meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, pois com uma Amizade Verdadeira, a vida se torna mais simples, mais rica e mais bela...

Charlie Chaplin

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012


"A vida é curta demais para acordar com arrependimentos.
Ame as pessoas que te tratam bem. Esquece aquelas que não.
A vida coloca cada um no seu lugar. Tudo vai e vem por uma razão.
Se tens uma segunda oportunidade, agarre-a. Ninguém disse que a vida seria fácil. Mas faça valer a pena. Viva e seja feliz!"

Autor Desconhecido.
 "Viver é enfrentar desafios.
Quem nunca enfrentou desafios, apenas passou pela vida, não viveu.
Sim, todo mundo quer uma vida tranquila e estável, mas não se consegue isso sem luta, esforço e muita coragem.
E ninguém quer uma vida medíocre, sem sal nem açúcar. Definitivamente, isso não é coisa que engradece a alma. Mas se quiseres seguir adiante com glória, tenha ciência de que às vezes é necessário mudar a estratégia do jogo radicalmente.
Você poderá perder muitas peças e muitas batalhas no caminho. E não importa o quanto você sofra, o quanto você apanhe. Você precisa reunir suas forças e seguir em frente.
Mesmo que tudo pareça perdido, não esqueça: na vida, assim como num jogo de Xadrez, enquanto você estiver de pé e lutando, nada estará perdido. Basta que você mantenha o Espírito e siga em frente."

(Augusto Branco)

sábado, 21 de janeiro de 2012


Escrevo o que meu coração dita, ele fala de saudade, de amor, de distância, de amigos... fala de sentimentos diversos e contrários. De  nostalgia, das idas e voltas, reviravoltas. Fala dos meus negros pensamentos, do que sou, dos medos, do que fui, dos desejos, do que nunca serei!!
Fala de todas as dores, do arco iris pintado nos meus olhos, do peso sobre meus ombros. Da dança dos sonhos. Dos trovões e relâmpagos que assombram meus dias. Do sol brilhando na minha alma, da calma, da paz, da vida!

Raquel Fernandes.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012


Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar…
Por isso o meu verso tem essa quase imperceptível tremor...
A vida é triste, o mundo é louco!
Nem vale a pena matar-se por isso.
Nem por ninguém.
Por nenhum amor…
A vida continua, indiferente!


-Mario Quintana - (In: A Cor do Invisível) p. 882 [2] -
 "A saudade não tem nada de trivial. Interfere em nossa vida de um modo às vezes sereno, às vezes não. É um sentimento bem-vindo, pois confirma o valor de quem é ou foi importante para nós, e é ao mesmo tempo um sentimento incômodo, porque acusa a ausência, e os ausentes sempre nos doem."

[Martha Medeiros]

Quem Morre?

 Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru. Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto no branco e os pingos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade.

Por Pablo Neruda

Qual o Caminho?

 "Tudo que sabemos a respeito do amor é inacabado. A cada pretensa linha de chegada, o nosso entendimento se depara com uma nova linha de partida. A cada porta atravessada, encontramos mais à frente uma outra para ser aberta. Fonte inesgotável de vida, o amor é um caminho que clareia, progressivamente, à medida em que o percorremos. É como se cada passo nosso descortinasse um pouco mais da sua luz. A jornada é feita de dádivas e alegrias, mas também de imprevistos, embaraços, inabilidades, lições de toda espécie. De vez em quando tropeçamos nos trechos mais acidentados. Depois levantamos e prosseguimos: o chamado do amor é irrecusável para a alma. Desistir dele para ela, é como desistir de respirar."

(Ana Jácomo)

sábado, 14 de janeiro de 2012


 "Às vezes estou por cima, às vezes estou por baixo. 
Mas estou sempre por alguma coisa.
Por alguém. Por aí."

[Gabito Nunes]
 

Canção das mulheres

Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.
Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.
Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.
Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.
Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.
Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.
Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de voltar logo à sua vida.
Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo ''Olha que estou tendo muita paciência com você!''
Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.
Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.
Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.
Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.

Lya Luft


 "Tenho o desassossego dentro da bolsa. E um par de asas que nunca deixo. Às vezes, quando é tarde da noite, eu viajo. E - sem saber - busco respostas que não encontro aqui." (Fernanda Mello)

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Um conselho para o Ano Novo: Seja um Idiota!

 A idiotice é vital para a felicidade.
Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins.
No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele.
Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto.
Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo,soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça?
hahahahahahahahaha!...
Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema?
É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí,o que elas farão se já não têm por que se desesperar?
Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não.
Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa.
Dura, densa, e bem ruim.
Brincar é legal. Entendeu?
Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço,não tomar chuva.
Pule corda!
Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte.
Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável.
Teste a teoria. Uma semaninha, para começar.
Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são:
passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir...
Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração!
Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora?
A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso cante, chore,dance e viva intensamente antes que a cortina se feche!

Arnaldo Jabor.

"Por tudo o que me deste:
inquietação,
cuidado,
um pouco de ternura,
noites de insônia pelas ruas como louca,
obrigada, obrigada."


(Florbela Espanca)
 Quanto maior a armadura, mais frágil é o ser que a habita...

Padre Fábio de Mello

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Dalai Lama!


Olhe as pessoas nos olhos
Diga sempre "muito obrigado." 
Diga sempre "por favor".
Seja o primeiro a dizer "olá".
Devolva tudo o que pegar emprestado.
Sorria muito, não custa nada e não tem preço.
Quando alguém contar alguma coisa importante que lhe aconteceu, não tente superá-lo.
As pessoas também têm o direito de aparecer.
Nunca interrompa enquanto estiver sendo elogiado.
Cuide da sua própria vida.
Jamais prive uma pessoa de esperança, pode ser que ela só tenha isso.
Elogie em público, Critique em particular.
Não aborreça as pessoas com mais problemas.
Procure reavivar antigas amizades.
Nunca desperdice uma oportunidade de dizer a uma pessoa o quanto a ama.
Uma atmosfera de amor em sua casa é muito importante.
Faça tudo que puder para criar um lar tranquilo e com harmonia.
Nunca subestime o poder de uma palavra ou de uma ação gentil.
Nunca ria dos sonhos alheios.
Em caso de discordância, exponha seus pontos de vista sem pretender ridicularizar os entendimentos dos outros.
Quando alguém lhe fizer uma pergunta da qual não gostaria de responder, sorria e pergunte: "por que quer saber?"
Não admire as pessoas pela sua riqueza, mas pelos meios criativos e generosos do qual elas dispõem.
Não traia nunca uma confidência.
Não deixe que uma pequena desavença prejudique uma grande amizade.
Dê às pessoas mais do que elas esperam, e faça-o alegremente.
Lembre-se de que o tempo que leva para que duas pessoas se tornem amigas nunca é tempo desperdiçado.
Fale devagar mas pense com rapidez.
· Ligue para sua mãe.
Lembre-se que grandes amores e grandes conquistas envolvem riscos.
Quando você se deu conta que cometeu um erro, tome as atitudes necessárias.·
Quando você perder, não perca a lição.·
Lembre-se dos três Rs: Respeito por si próprio, respeito ao próximo e responsabilidade pelas ações.
Saiba compreender as imperfeições de seus amigos com a mesma presteza com que sabe compreender as suas próprias.
Seja aberto e acessível, a próxima pessoa que conhecer pode se tornar o seu melhor amigo.
Seja o primeiro a perdoar.
Quando disser "sinto muito", olhe nos olhos.
Quando um amigo ou uma pessoa amada ficar doente, lembre-se de que esperança e pensamento positivo são remédios fortíssimos.
Passe a vida levantando o ânimo das pessoas e nunca as colocando para baixo.
Peça desculpas imediatamente quando perder a paciência.
Estimule sempre qualquer pessoa que esteja tentando melhorar, mental, física ou espiritualmente.
Lembre-se de que o princípio mais profundamente enraizado na natureza humana é a ânsia por ser apreciado.
Passe mais tempo sozinho.
Abra seus braços para as mudanças, mas não abra mão de seus valores.
Lembre-se de que o silêncio, às vezes, é a melhor resposta.
Leia mais livros e assista menos TV.
Viva uma vida boa e honrada. Assim, quando você ficar mais velho e olhar para trás, você poderá aproveitá-la mais uma vez. 

Dalai Lama